Em comemoração ao Dia do Estudante Secundarista, estudantes Notre Dame são apresentados ao projeto Desafio das Escolhas
3 de abril de 2018 Notícias, Portal
IMG_5244

Em 28 de março de 1968, o estudante Edson Luiz de Lima Souto foi morto, aos 16 anos, pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. Ele era uma das 300 pessoas que jantavam no restaurante estudantil “Calabouço”, quando o local foi invadido pelos policiais, em meio à tensão do quarto ano da Ditadura Militar no Brasil. A mobilização em torno da morte do estudante foi o estopim para a primeira grande manifestação pública daquele ano, que culminaria, três meses depois, com a Marcha dos 100 mil – um dos principais Notre-Dame (1)protestos contra o governo ditatorial. Pelo seu valor histórico, esse dia foi instituído como Dia do Estudante Secundarista.

Foi, justamente, retomando esse fato e detalhando sua repercussão que o vice-diretor do Colégio Notre Dame, Vanderlan Lima, deu início à atividade comemorativa à data – promovida, na quinta-feira (29), pela instituição de ensino.

Notre-Dame (18)Reunidos no auditório escolar, os adolescentes matriculados no Ensino Médio acompanharam, atentos, ao relato, que, conforme destaca historiador, objetiva provocar questionamentos. “Eles são colocados de frente com o contexto histórico que culminou com o Dia do Estudante Secundarista, para que reflitam sobre o seu papel social”, explica.

Após a retomada histórica, os educandos foram apresentados e convidados a participar do projeto Desafio das Escolhas – que, desenvolvido ao longo do Ensino Médio, objetiva ajudá-los a tomar decisões conscientes sobre o futuro, com base em informações claras e em seu perfil psicológico.

Além de proporcionar aos estudantes encontros trimestrais com profissionais atuantes nas suas áreas de interesse e promover visitas a instituições de Ensino Superior e a feiras das profissões, o projeto realiza testes vocacionais e oferece suporte psicológico, para que a escolha profissional resulte de um processo tranquilo e assertivo. Notre-Dame (4)Afinal, como comenta a psicopedagoga do Colégio, Daniella Maciel, a gama de cursos está cada vez maior e as dúvidas dos estudantes também.

Em 2018, o Desafio das Escolhas, que já é desenvolvido há 10 anos pela instituição de ensino, também propõe que os adolescentes participem de grupos mensais de trabalhos relacionados ao autoconhecimento. “Por meio de reflexões, dinâmicas e outras atividades, buscaremos fazer com que os educandos compreendam seus gostos e aptidões, para que a opção por uma carreira aconteça de forma mais natural”, esclarece a psicopedagoga.

Ao encontro da proposta do Desafio das Escolhas, o setor de Notre-Dame (27)Psicopedagogia, em conjunto com os docentes da Área do Conhecimento de Ciências Humanas, desenvolverá o projeto Biografias – que convidará diferentes pessoas para partilhar histórias inspiradoras com os estudantes. Por isso, na mesma manhã, os educandos assistiram a uma palestra ministrada pelo estudante de Medicina da Universidade de Passo Fundo, Eduardo Dombroski da Silva. Por meio de linguagem irreverente e do uso metáforas, o palestrante compartilhou sua trajetória de vida com o público, enaltecendo o valor da persistência diante dos obstáculos e do estudo diário, na busca por aprovação nos processos seletivos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>