Atividades preparatórias visam tornar mais tranquila a transição para o Ensino Fundamental
7 de janeiro de 2021 Notícias

A transição para o Ensino Fundamental é um momento muito importante na vida dos educandos. Afinal, ela significa o início do processo de alfabetização. Por isso, ainda na Educação Infantil, como salienta a psicopedagoga escolar, Roberta Baldo de Azevedo, são observados fatores como organização, autonomia, limites e socialização, a fim de assegurar o desenvolvimento das habilidades necessárias para o ingresso na nova etapa de ensino.

site 4Visando fomentar tais competências, as crianças na Pré-Escola II visitam, a partir do terceiro trimestre do ano letivo, os espaços destinados ao Ensino Fundamental, conhecendo as docentes e interagindo, durante o recreio, com os educandos do nível seguinte. Além disso, os objetivos pedagógicos dessa etapa escolar estão alinhados com o conteúdo programático do 1º Ano . Na série inicial, por exemplo, os educandos são estimulados a compreender o ambiente natural e social, além de iniciar o pensamento reflexivo ao relacionar as capacidades de pensar e aprender.

site 3Antes de propiciar a construção de novos saberes, porém, as educadoras retomam, de forma lúdica, os conteúdos que antecedem a prática da escrita e acolhem os pequenos. Afinal, as primeiras semanas de aula, descreve a psicopedagoga, são importantes para a formação do vínculo com os colegas e com a educadora, estabelecendo a rotina escolar. “Ao ingressar em uma nova etapa, a criança precisa se sentir segura e confiante através do olhar dos pais e, consequentemente, da sua professora”, explica.

Nesse contexto, as orientações recebidas pelos responsáveis ainda na Educação Infantil demonstram sua importância, uma vez que a família e a escola, ainda que cumpram funções distintas na educação das crianças, precisam caminhar juntas. “Ambas se complementam. O sucesso escolar das crianças depende muito do suporte recebido da família”, conclui Roberta.