Atividade extracurricular de Artes Cênica desperta habilidades e revela talentos, no Colégio Notre Dame
15 de janeiro de 2019 Notícias
DSC_0108

O contato com a linguagem teatral ajuda crianças e adolescentes a perder continuamente a timidez, a desenvolver e priorizar a noção do trabalho em equipe, a aprender como se comportar de situações onde é exigido o improviso, a se interessar mais pela literatura e a descobrir diferentes gêneros textuais.

Justamente por oferecer todos esses benefícios, a prática desta modalidade artística faz parte do cotidiano escolar do Colégio Notre Dame. Isso porque, a instituição de ensino coloca à disposição de seus estudantes o Curso Livre de Artes Cênicas, que promove aulas semanais em espaços adequados para que os estudantes possam descobrir e desenvolver suas habilidades.

Os talentos descobertos ao longo do Curso foram apresentados à comunidade educativa durante duas peças estreadas em 2018.

Companhia de teatro do Colégio Notre Dame - O Auto da Barca do Inferno (11)A primeira delas foi “O auto da barca do inferno”. Baseada na peça homônima, escrita pelo dramaturgo português Gil Vicente em 1517, a narrativa se desenvolve tendo como eixo a seguinte pergunta: o que aconteceria se à alma fosse julgada depois da morte do corpo? Este julgamento é feito em um porto onde aguardam dois barqueiros: um que conduz a Barca da Glória, o Anjo, e outro a Barca do Inferno, o Diabo. Por esse porto passarão diversas almas que irão expor o que fizeram em vida para decidir assim em que barco tem direito de entrar. Na peça o autor faz uma reflexão crítica acerca da sua época, dos costumes, do modo de viver dos homens e das mulheres de que o mundo contemporâneo ainda hoje pode colher ensinamentos.

A dramatização foi apresentada pela primeira vez no Colégio Notre Dame em julho de 2018. Contudo, desde o primeiro semestre de 2017, a obra vinha sendo estudada e adequada pelo elenco, formado por estudantes matriculados no 9º Ano do Ensino Fundamental e do Companhia de Teatro do Colégio Notre Dame - Estreia- Os Cigarras e Os Forgmigas (24)Ensino Médio.

A segunda peça, apresentada pela companhia no final do segundo semestre de 2018, foi “O outro lado da praça”. Baseada na obra literária “Os Cigarras e os Formigas”, escrita por Maria Clara Machado em 1974, ela narra a história de amor entre membros de famílias inimigas. Músicas, romantismo e confusão dão o tom do espetáculo, que mistura o clássico Romeu e Julieta com a fábula da cigarra e da formiga.

O elenco que deu vida à representação é composto por 15 estudantes, matriculados nos anos finais do Ensino Fundamental II. Além de assumirem os papéis, eles foram responsáveis pela escrita do roteiro, conforme destaca a diretora do grupo, Daniela Dal Forno. “Começamos a preparar o espetáculo ainda em 2017. Lemos alguns textos e fomos, aos poucos, buscando características daquilo que queríamos falar para o público. A partir disso, escrevemos o roteiro que deu origem à peça”, explica.

Mostra de Teatro - Colégio Notre Dame (48)Mostra de Teatro

Além das duas peças estreadas pelos estudantes que já possuem níveis avançados dentro do Curso Livre, os demais educandos que exercitam e constroem suas habilidades cênicas também tiveram a oportunidade de apresentar seus talentos, durante a Mostra de Teatro.

No evento, realizado em novembro, no Auditório da instituição de ensino, os estudantes apresentaram peças autorais, criadas pelo grupo especialmente para a data.

O espetáculo marcou o encerramento do ano letivo na atividade extracurricular que, além de aprimorar nos educandos a habilidade de relacionar-se com os outros, estimula o autoconhecimento, a consciência corporal e a coordenação motora.

Veja mais fotos das apresentações:

Estreia – O Auto da Barca do Inferno:
Estreia – O outro lado da praça:
Mostra de Teatro:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>